Esta oficina recorre a uma metodologia de articulação teoria-prática que tem como ponto de partida o conhecimento das (os) formandas (os) sobre a gestão curricular e a partilha de instrumentos de planeamento e avaliação que utilizam para situar e questionar teoricamente esses conhecimentos e práticas.

Assim, a organização de cada uma das sessões contempla momentos de trabalho em pequenos grupos e momentos de debate e partilha das conclusões. Cabe ao formador (a) enquadrar e aprofundar teoricamente os conceitos e perspetivas em estudo.